terça-feira, 5 de abril de 2011

Papo sério - Mini "It-Girls"...Por Dani Facundo Brescia

Oi gente!

Esse post é na verdade uma reprodução do post da Dani publicado ontem no blog dela - Dress2Impress.
Achei muito interessante e quero compartilhar com vcs...

" “Sabe o que eu acho? Se a gente comprasse na C&A, na Riachuelo, elas não estariam tão antenadas. Eu não imagino minha filha colocando uma roupa da Renner nem para dormir”.

Isso foi dito por uma senhora chamada Sandra Mussi, de 39 anos, mãe de uma garotinha chamada Carolina, de 8 anos. Essa menininha desfilou na Fashion Weekend Kids, evento de moda infantil que rolou essa semana em SP. A matéria (que você lê aqui) era sobre as “socialitezinhas” que estão se criando hoje em dia.

Bom… o que dizer, né? Não sei se essa mãe sabe o mal que pode estar fazendo pra pobrezinha da Carol.
É claro, e não vamos ser hipócritas, todo mundo (incluindo eu) adoooora uma grife, prefere mil vezes comprar um jeans John John do que um jeans de loja de departamento. Eu (que ainda não tenho filhos) adoraria que todos os macacõezinhos deles fossem Baby Dior. Mas o ponto é: e se não forem?

Eu estudei a vida toda em um colégio de elite em SP, tinha amiguinhas milionárias, que ganhavam vários tênis legais durante o ano, iam para a Disney todas as férias…. Mais tarde, adolescentes, elas tinham váááárias bolsas Victor Hugo, jeans Zoomp, Forum e M.Officer (must-have da época). Eu? Eu também tinha. Eu também ganhava os tênis legais (mas era pra passear, não pra destruir no colégio!), a bolsa e a calças “de marca” ( já pra Disney eu só fui na lua de mel, no ano passado!). Eu tive tudo isso, só que meus pais deixavam muito claro que aquilo não era (e nunca seria, não importasse a condição social de nossa família) a regra, mas sim a exceção. E melhor do que isso, eles me ensinaram que ninguém é mais legal porque tinha um tênis importado ou uma jaqueta jeans da Hard Rock de Orlando (nussa, lembram disso??).

Hoje as coisas pioraram muito!! Você acha que eu (ou mesmo minhas amiguinhas milionárias da época) com 9 anos sabia o que era uma bolsa Givenchy?? Ou queria um óculos escuros Chanel ou Prada?? Eu achava o máximo as camisetas da Pakalolo Kids! (hahaha… me divertindo nesse momento nostalgia!).

Eu sempre tirei um sarro da minha mãe, dizendo que ela brincava de Barbie comigo, pois ela me enfeitava tanto que eu parecia uma bonequinha, toda combinandinho…. Mas a preocupação da minha mãe nunca foi me transformar num outdoor, me enchendo de grifes! (geralmente eu saía de vestidinho, meia com rendinha, sapatinho de verniz  um chapeuzinho combinando…..rsrs….. Qualquer dia posto uma foto aqui)

Mas olhando essas mães dessa reportagem, fico com vergonha de compará-las à minha mãe…. Elas também brincam de boneca com suas filhas, mas de um jeito muito cruel…. Tomara que a Carol (a filha) cresça linda, arrume um marido milionário e não precise trabalhar…. Porque com essa criação, aprendendo que “não se usa roupa da Renner nem pra dormir”,  já imaginaram o que vai ser da vida dessa garota se ela não for rica (o que pode acontecer)? Haja Rivotril, hein??

Talvez se a D. Sandra ensinasse pra Carol que é super legal ter dinheiro pra comprar grifes, mas que se a grana faltar, a Riachuelo, a C&A e a Renner também podem ter coisas bem legais, a Carol fosse ainda muito mais “antenada”, não?? Afinal de contas, hi-lo é tendência!

“O luxo é a naturalidade com que uma pessoa usa uma t-shirt junto a peças caríssimas. Se não consegue, não é uma pessoa acostumada ao luxo. É apenas uma pessoa rica que pode comprar coisas.” (Karl Lagerfeld – estilista da marca Chanel)"

E vocês, o que acharam?
Beijos ♥

16 recados: ADORO!:

SIL MIZEL disse...

Nossa!!! amei a postagem , o texto, vc está de parabéns....
aprovo tudo que vc escreveu...o que eu acho mais legal é a mistura de coisas...a descoberta, aquela pessoa sem preconceito que pode mesmo comprar uma coisa de grife porque combina com o "estilo" dela e achar uma coisa super legal em loja de departamento que também combina....afinal hoje em dia....quase todos os estilistas estão lançando suas coleções em lojas de departamento...

Bem....minhas filhas não dormem com roupinhas da renner...elas usam ( não no colégio que tem uniforme e não posso nem mostrar nas fotos- proibido) para ir nos cursinhos extras., passeios etc...hihihi

bjs( e as postagens em inglês!)

Mi disse...

concordo plenamente com vc!temos que ensinar as crianças que o dinheiro não é tudo.
beijinhos

Lay Rosa disse...

Fiquei chocada com essa mãe..em que mundo ela pensa q vive?!!kkkkkk muita falta de noção da realidade!

otimo post Ju!

Carlinha Mielitz disse...

Juju, minha admiração por vc só aumentou depois deste post...

Eu fico imaginando essas crianças no futuro? Inseguras, esnobes e pequenas...O consumismo faz parte do ser humano, mas não dá pra se ter td nesta vida, tem que dar um passo de cada vez pro tombo não ser mto grande, caso vc venha cair.

Nós adultos (pelo menos eu) sempre que vejo algo novo que não tenho já digo que quero, que é meu, mas é preciso ver a real necessidade daquilo e se no meu ver já é mto dificil as vezes não comrpar algo, imagina pra uma criança que cresce achando que marca é rotulo pra se ter anigo???

Eu rezo mto para que as maes de hoje não criem pessoa vazias para o amanha...

Um mega beijo e saudades, =D

RetroMomentos disse...

Sinceramente acho esse lance de It pra lá e It pra cá, muita frescura. Essa mãe devia passear com essa garota e mostrar um pouco mais a realidade pra ela. (tanta gente passando fome... ter q ouvir isso, chega a doer) Não é uma etiqueta q faz a personalidade de ninguém. Lamentável =/

Eu sinceramente não ligo para marcas, gosto do q é bonito e q me faça sentir bem! Isso já me basta! Não uso para os outros, uso pra mim! =D Bjs

Tati disse...

Adorei o post Ju, e vc é incríiii mulher!


Beijokas
Tati

Lu disse...

Ju, super concordo com a dani e adorei este post!
Nem sei o que dizer sobre essa "elite", sobre os frutos que ela venha produzir. Só nos resta pensar e torcer para que essas criancas consigam tirar os óculos cor de rosa mais tarde.

Beijocas sumida, aproveita aí!

http://maquiagemquecabenobolso.blogspot.com/

Juliana Coêlho disse...

Juju, mas tem muuuitas pessoas assim mesmo, pior é quem é metida a besta e não tem de onde tirar aííí sofrem um bocadinho néah?!! Juju, amei o post!!!
Beijos Flor, sorte dos seus filhos, pq vão ser amados e educados por uma mãe "pessoa", que apesar de não conhecer pessoalmente, mas posso afirmar ser uma mulher maravilhosa de verdade!!
Beijos Lindona...

Ellen - Cupcakes Fun disse...

Tem mães que ao invés de criar crianças estão criando só mais uns "escravos da moda" !
Não gosto da idéia nem um pouco!! :(
Mas adorei o post! :)

Beijinhos

Maria Célia disse...

Oi Ju
Se esta pessoa não tem nada de bom pra dizer, seria melhor que ficasse calada.Não gosta de determinada loja, tudo bem, fica na sua, não precisa alardear aos quatro ventos.
Ótimo texto.
Bjos

Nama Baru disse...

Ja vi essa reportagem hj umas 3 vezes em lugares diferentes e todo mundo esta indignado....
Fico me perguntando o que sera dessa geracao que esta sendo criada por essas mulherzinhas futeis, que em nada estao agregando para contruir um futuro melhor. Elas estao eh piorando a situacao que ja eh caotica....serao essas criancas que irao governar o pais no futuro.
Crianca NAO tem que usar roupa cara, crianca tem que brincar, sonhar, ver o mundo cor de roda, e nao em cifras...eu JAMAIS vou colocar uma roupa assim tao cara nos meus filhos....pra que isso?? Para perder em 1 mes?? Para dar a ideia para eles que soh quem tem a roupinha X,Y,Z eh feliz ou bem aceito??
Eu como pessoa fujo das grandes marcas, soh compro produtos que sei a procedencia, que n tem nenhum trabalho escravo por traz, e que nao maltratou nenhum animal.
Soh compro o que me eh necessario (e olha que como a Ju tb estudei moda)
Soh para finalizar a minha indignacao com essas maes....esses maridos deveriam pegar na maozinha dessas mulheres e ir dar um passeio pela periferia, pelos orfanatos e hospitais publicos, soh assim para fazer essas americanizadas repensarem esse pensamento consumista, e com sorte tarvez de tempo de mudar a educacao dessas pobres criancas.
Ufa Falei....
Bjinhos e Desculpa qualquer coisa
Talita

Elza Carrara disse...

Ju,
Nem preciso dizer muito, pois acho que você já disse tudo muito bem :)
Só fico com pena dessa criança, pois muitas mães não preparam seus filhos para o mundo real e esta pode ser mais uma criança/adulto eternamente alienado :(
Bjs.

Flávia Cary disse...

oi Juju queréada

obrigada pelas visitinhas q vc me faz... e eu sou uma "cow" que nunca venho aqui :(

olha este post veio bem a calhar...concordo com o que vc dise educadamete acima, mas eu quero falar :essa mãe é ridicula alienada,nem parece que vive no Brasil,terra de desigualdade economica.Meu, qdo vejo blog colocando o estilo da Suri Cruise fico muito preocupada! essa menina é uma FANTOCHE da mãe dela, tem até cartão de credito e se veste como uma mini adulta,é precocemente babaca, enfim.Eu cresci numa escola particular ate o segundo ano do ginásio. Eu era bolsista, minhas amigas iam pra Disney 2x por ano.No colegial era bem pior pq eu não me sentia inserida no contexto de coisas como pakalolo,tamanco stiletto,mochila Company etc e dai eu improvisava do meu jeito kibando os looks hehe coisa que faço até hj.Eu cresci normal (ou pelo menos tentei )minha mãe que é professora,elegante-era Miss dos clubes negros na época dela- me vestia muito bem na Sears e na Mesbla hahaha nunca andei trapeira mas tbm tenho consciencia do que é um batom da Clinique,já usei coisas importadas e isso não me empolga.Well, tenho pena desta geração de hj em dia que tudo é dinheiro e badalação.
Aproveitando o ensejo, me sinto feliz por ter sua "amizade" virtual, tenho visto brigas nas bloguEiras famosas,,,até Claudinha Stocco que é 1 FLOR DE PESSOA esta ouvindo graça, brigas no twitter aff essa gente tinha que ter um tanque de roupa pra lavar! tudo MEDIOCRE E VAZIO mas sou feliz pq no meu blog fiz amizades preciosas.
Fica com Deus e boa viagem de volta :)
Desculpa a biblia
besos.

Liv Baum disse...

Ju darling! Fazia mto tempo q eu não passava por aqui! To meio distante do mundo bloguístico... mas adorei o post! Eu realmente fico passada com esse tipo de pensamento, e realmente a realidade do nosso futuro nao é mto bonita... Nem imaginava q tem gente q pensa assim ainda, pequeno. Q ridículo.
Enfim, valeu mto pelas palavras!
Bjuuu

Lícia disse...

Juju, querida!!!
adorei seu post!! por sinal, vc é sempre muito ponderada, antenada e consciente!!
adoro seus posts, suas dicas e comentarios!!
e como diz Lagerfeld "o luxo é naturalidade", é saber misturar e diversificar...
bjinhos e saudade

Carolina Araujo Acessorios disse...

Amei, isso poderia ser publicado em todos os blogs, a exclusão começa por aí, essa criança mesmo sem ter culpa vai crescer mesquinha e arrogante, maltratará a todos que não tiverem o seu poder aquisitivo e assim formamos pessoas más, porque a índole da pessoa é nata, mas que uma contribuição do meio em que vive ajuda, ahhh ajuda...