quinta-feira, 19 de junho de 2008

Aprenda a decifrar os trajes exigidos em convites para festas e acerte no "dress code"

Mas o que, afinal, quer dizer "passeio completo", "Passeio informal", "esporte fino", "fashion chic"???
As roupas do cotidiano dão trabalho para serem organizadas, mas no dia-a-dia um erro não compromete tanto. O problema é quando você r
ecebe um convite para uma festa que diz "traje passeio completo" e não tem idéia do que isso quer dizer.
Se você recebeu um convite que traz a indicação de
como deve se vestir, a primeira coisa a fazer é não ficar irritado. Quando se estabelece um padrão, a idéia é justamente garantir que todos se sintam bem e estejam adequados à ocasião. Quando vamos a uma festa, temos a intenção de homenagear quem nos convidou. Por isso é simpático e educado tentar cumprir com o código, da melhor maneira possível, sem mau humor. Se, por acaso, você estiver algum dia totalmente fora do código, avalie a situação. Em um ambiente de trabalho, por exemplo, no qual pode comprometer sua imagem, cumprimente o anfitrião, faça meia-volta e saia de fininho. Se for uma ocasião de festa de amigos ou de gente que conhece você, relaxe e aproveite o evento. Roupa não é tudo nesta vida.
Agora vamos ao que interessa:


Traje esporte: A mais simples das especificações. Vale vestido ou calça comprida e camisa, tudo mais à vontade. Saia e blusa, um tricô, ou mesmo um jeans bacana. Não precisa usar salto alto, mas se você quiser, tudo bem - se a festa for no campo, evite.
Para os homens não é necessário o uso de gravata ou paletó, mas lembre-se: se a festa tem indicação de traje é porque alguma formalidade existe, então calças de sarja ou gabardine com camisa ou pólo, ficam bem. Os sapatos são mais indicados nesse caso. Os tênis adquiriram um status de moda, mas ainda não podem entrar em todos os lugares.


Traje passeio, passeio informal, tenue de ville e esporte fino: É tudo a mesma coisa. Para as mulheres, vestidos mais elegantes e tailleur. À noite, o pretinho básico é ótimo. As pantalonas leves e sofisticadas têm o seu lugar, assim como os ternos femininos. Os sapatos têm saltos altos e as bolsas vão de média (dia) para pequenas (noite). Dica: prefira os tecidos mais secos: sedas, microfibras, linhos, algodões e jérseis. Nada muito brilhante nos acessórios, nem maquiagem carregada.
Homens não precisam de terno, podendo usar blazer com calça mais esportiva. Se usar terno, coloque gravata. Se no convite vier "tenue de ville", é aconselhável o uso de terno com gravata, seja noite ou dia.


Passeio completo, passeio formal, traje social, social completo: A gente pode perceber pelos nomes que a coisa está ficando séria. Para os senhores, a ocasião exige terno completo com gravata. Para a noite, sugerem-se as cores escuras, e para o dia, tonalidades mais claras. Evite gravatas berrantes - sempre.
As senhoras usam vestidos ou tailleurs mais chiques, de tecidos nobres como crepes, sedas, veludos e bordados. As bolsas são pequenas, os sa
ltos são altos e as meias, imprescindíveis. Cabelos, unhas e maquiagem devem estar impecáveis, sendo que as pérolas são superadequadas para a situação.


Black-tie, rigor, habillé, tênue de soiré
e: Para os cavalheiros, smoking. Gravata borboleta preta, como o nome indica.
Para as damas, vestidos longos ou curtos, sempre sofisticados. Com brilhos e transparências, é o momento do glamour, onde decotes podem ser mais ousados, assim como as fendas. É hora de arrasar, mas com bom gosto. Como agasalho, pode-se usar xales ou estolas do mesmo tecido do vestido. Evite pele, não é moderno
. As jóias podem ser de família ou emprestadas, e as bolsas devem ser pequeninas.


Gala:
Casaca para os cavalheiros e vestido
longo para as damas. Não use conjuntos.


Um conselho precioso: Na dúvida, pergunte qual traje deve ser usado em cada situação, não tenha vergonha.

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Fashion Rio! Certo e errado...

Bom pessoal, apesar de eu estar a muitas milhas de distância do Brasil, sei que está rolando o Fashion Rio...Andei dando uma pesquisada na internet e o que mais me chamou a atenção nem foi tanto os desfiles e as novas tendências, mas sim o estilo e os looks dos frequentadores do evento!!!

Achei num site umas fotos e quero compartilhar com vocês o que funciona e o que não funciona numa produção... Os comentários são meus, apesar dos sinais de "certo" ou "errado" não terem sido colocados por mim.....
Vamos lá:

Na imagem da esqueda, o look não poderia estar pior! O ilhós da blusa, a cintura alta, o cinto e botas pretos tornaram a produção "over" e poluída. A saia longa com a camisa ficariam ótimos com uma rasteira e um chapéu na beira da praia. A garota da direita, no entanto, acertou em combinar o vestido tomara que caia com tênis All Star. O look ficou jovem e descolado.

Aqui dois bons exemplos de como combinar acessórios com vestidos estampados. Na imagem da esquerda a pessoa pecou várias vezes: estampa muito grande para a estatura dela, vestido sem modelagem nenhuma (que a deixou com aspecto de gorda), bolsa pesada feita de um material "pobre" e botas estilo grunge, pesada, de cano médio e ainda por cima, velha e suja. A menina da direita, por sua vez, escolheu um vestido com corte e estampa proporcionais a estatura dela e combinou com sapato boneca e óculos de sol vintage.

Na imagem da esquerda, a pessoa tentou dar uma modernizada no visual e acabou é estragando o visual. O vestido de viscolycra colorido é visívelmente de verão e ficaria ótimo com uma sapatilha, ou rasteira. A legging preta não tem nada a ver e a melissinha de salto empobreceu o look. A mulher da direita acertou em cheio em usar calça xadrez com camiseta básica. A bolsa laranja deixou o visual mais moderno.

Bom, acho que essa imagem "errada" dispensa longos comentários. Estampa gigante, com cinto de fivela gigante, calça gigante (com dobra de 20 cm) e sandálias poluídissimas (roxa de listras) a deixaram 'mulambenta' e não estilosa. A da direita, porém, fez uma boa escolha com vestido e sapatilha. Tudo proporcional e clássico.

Eu ainda não entendi o que leva uma pessoa ir a um evento de moda, em plena a tarde carioca, usando essa bota. E pra completar, a camiseta que ela escolheu é curta demais. A imagem com o sinal de "correta" transpira estilo, com o shorts jeans, bata estampada de onça e botas de cano curto.

Nessas imagens, as duas usam botas de canos longos misturada com pesas mais leves. Ao meu ver, nenhuma das duas estão erradas ou corretas. Só é bom alertar de que essa combinação de 'leves com pesados' é perigosa...

Bota branca é uma peça difícil...Além disso, colete, bata estampada, pulseiras...O look ficou muito poluído...Na foto correta, a calça skinny, mocassim, camisa xadrez e cinto formaram um conjunto interessante. Vale lembrar que calça skinny veste bem somente as bem magrinhas...

O que fez a foto da esquerda estar errada foi a calça. O top é legal, o sapato também, mas o conjunto ficaria perfeito com uma calça jeans mais ajustada. Ela é baixinha e ficou ainda menor com a calça de boca larga. A senhora da direita está muito bem vestida...Corte, cor e combinação super apropriada e chic. A bolsa bicolor e o top com brilho deu uma quebrada na monotonia do preto.

Eu espero que a pessoa da esquerda não seja uma 'profissional' do mundo da moda. O que ela está usando nada combina com combina com nada, esse tom de amarelo não valoriza a pele dela, o corte de um ombro e o tecido do vestido é total verão, a meia cinza é inverno, as botas pretas são pesadas e estilo montaria...Uma tragédia fashion. A pessoa da direita, por sua vez, soube bem como usufruir do estilo anos 70.

domingo, 16 de março de 2008

A moda REALMENTE é para todos!!!! Burcas Fashion...AMEI

A tradicional burca acaba de estrear nas passarelas da moda da Noruega! A coleção foi totalmente inspirada na vestimenta que cobre, da cabeça aos pés, algumas mulheres muçulmanas.



A idéia da grife norueguesa Marked Moskva é popularizar a burca como peça básica - e libertadora - do vestuário feminino.
Segundo a estilista, criadora da coleção, a burca pode dar mais liberdade às mulheres. Ela disse: "Para as ocidentais, ela dá a oportunidade de poder sair de casa sem se preocupar com o cabelo ou a maquiagem, por exemplo, além de proporcionar privacidade. E se as ocidentais começarem a usar burcas, as muçulmanas podem passar a sofrer menos discriminação".
Até o momento, segundo a estilista, não houve nenhuma reação negativa por parte de grupos muçulmanos, afinal essa coleção traz um pouco de "modernidade" numa vestimenta tão medieval!!!
Para fazer a coleção, a marca Marked Moskva empregou duas islamitas para ajudar na confecção, e três peças já foram vendidas para muçulmanas.
A coleção norueguesa é mais fiel ao estilo original, cobrindo totalmente a cabeça e os olhos. A diferença está na variedade de estampas e texturas. Há, por exemplo, a "burca-verão", com estampas florais, a burca de peles, adaptada para os vários graus negativos do inverno nórdico, a "burca-doll" para dormir, e até uma burca para noivas.



"Burca-doll"

A idéia de criar a coleção surgiu depois de os três designers da grife - Tonje Nordmo, Maria Kartveit e Cedric Stevens - terem resolvido adotar a burca como parte de seu guarda-roupa.
Eles tivemos que mandar trazer as peças do Afeganistão e disseram que usar as tradicionais túnicas negras nas ruas da capital norueguesa, Oslo, foi uma experiência estressante.
"Ouvimos vários insultos e fomos impedidos de entrar em restaurantes. Outras pessoas pareciam assustadas, com medo da nossa presença. Sentimos na pele a discriminação sofrida pelas muçulmanas", disse a estilista. Foi então que o grupo de designers decidiu criar sua própria versão da burca, em cores quentes e tecidos variados.
Eu particularmente adorei essa idéia, afinal todas as mulheres do planeta merecem se sentir bonitas e bem vestida..Até mesmo numa socie
dade conservadora e machista com a islamica.....





Burca "Blueberry"

domingo, 9 de março de 2008

Sobrancelhas da moda

Se os cabelos são a moldura do rosto, as sobrancelhas certamente são a moldura do olhar. O formato e aspecto das sobrancelhas dão ou tiram expressão ao rosto, por isso é importante aprender a depilar e maquiar uma parte fundamental da beleza.

Nos anos 30, sob a influência da atriz alemã Marlene Dietrich, havia o costume de depilar toda a sobrancelha e desenhar com lápis uma fina linha sobre os olhos.


Marlene Dietrich

Após vários anos de hegemonia da sobrancelha fina, nos anos 80 elas voltam a ficar cheias, largas e com poucos cuidados e nos anos 90, a sobrancelhas finas voltaram com tudo, e com elas as horas retirando pêlo a pêlo com a pinça.
Felizmente, atualmente a aposta é no estilo natural. Finas, grossas, mais ou menos curvadas, o importante é seguir a linha das sobrancelhas, mas dando a elas um aspecto bem cuidado.
As principais estrelas de cinema da atualidade, como Penélope Cruz, Scarlett Johansson e Keira Knightley são exemplos de famosas que mantêm sobrancelhas ao estilo natural e marcam tendência.


Scarlett Johansson

Penélope Cruz


Keira Knightley

Pinças em ação
O melhor método para definir as sobrancelhas é a depilação com pinça, pois dá melhores resultados e é menos agressiva que outras opções, como a cera, que pouco a pouco causa flacidez na pálpebra. Porém, independente do método utilizado, o mais aconselhado é procurar um bom profissional para depilar as sobrancelhas, principalmente se for pela primeira vez pois assim, será possível fazer apenas a manutenção por conta própria.
Para a manutenção é necessário ter uma boa pinça, um espelho de aumento e uma escovinha (pode ser até uma de dentes, infantil) para alinhar os fios e alguns especialistas recomendam fazer isso pela manhã, já que a pele está menos sensível aos "puxões".
Antes de pegar a pinça e começar a "limpar" as sobrancelhas, é importante saber quais são os limites. Aí vão algumas dicas:

- O início da sobrancelha deve ser exatamente em cima do canal lacrimal (no canto interno dos olhos). Sobrancelhas muito separadas tendem a fazer com que os olhos também pareçam muito distantes um do outro.
- O ponto mais alto do arco deve coincidir verticalmente com o extremo externo da íris.
- O final requer uma dose maior de habilidade, mas nada complicado. Basta traçar uma linha imaginária que começa no canto dos lábios e vai até o canto externo das pálpebras, pois respeitando-se os ângulos de cada rosto, o risco de ter uma sobrancelha muito curta ou longa é bem menor.
- Os pêlos que sobram desse desenho devem ser eliminados, mas convém não mudar a forma das sobrancelhas - ao menos que essa seja a intenção - seguindo sua linha natural, depilando apenas os excessos.

Para quem quer saber qual a forma mais harmoniosa de sobrancelhas, as dicas são as seguintes:

- Formas muito retas tendem a deixar o rosto menos expressivo. Criar um leve arco com o auxílio de um lápis é uma boa solução, mas eliminar mais pêlos do que o necessário tende a criar falhas feias e difíceis de corrigir depois.
- Já sobrancelhas muito próximas dos olhos dão um ar "pesado" (Tipo Frida Kahlo).
- A depilação dará uma maior sensação de "limpeza" e de olhos maiores.
Depois de bem definidas e penteadas, a próxima etapa é a maquiagem.
Toque final
Ao contrário do que muitas mulheres pensam, usar lápis nas sobrancelhas não dá um resultado tão artificial assim. Basta usar com moderação e fazer do lápis um aliado.
Uma esfumada discreta de lápis, preferencialmente numa cor próxima ao tom natural da sobrancelha, corrige falhas, iguala grandes diferenças e é a salvação para quem tem pouco pêlo.
O mercado já conta, atualmente, com lápis próprios para sobrancelhas, que geralmente vêm com uma escovinha ou espuma, para esfumar e manter os fios em ordem, facilitando a maquiagem. (A Contém 1g tem um tom de café que é ótimo!)
Também é recomendado o uso de sombras em pó de cores claras, com pigmentos iluminadores. Basta aplicar abaixo da sobrancelha, próximo à pálpebra. Este truque realça seu desenho e "levanta" o olhar.
Cuidar das sobrancelhas não é complicado, mas o bom senso ainda é a melhor dica. Se houver dúvidas, procure um bom profissional.

quinta-feira, 6 de março de 2008

Cabelos! Dicas e tendências...

Os símbolos clássicos da beleza costumam exibir mulheres com cabelos longos. Qualquer pessoa pode ter cabelos compridos, mas o corte deve ser adequado ao nosso estilo e personalidade. Os fios compridos ajudam a ressaltar os traços de mais destaque e ocultar os defeitos, mas desde que sejam usados com sabedoria, de acordo com o rosto, já que o efeito não será o mesmo para todas as pessoas.

Os rostos redondos, quadrados e hexagonais precisam de camadas mais repicadas de cabelo, não pedem franjas e o volume na parte superior ajuda a alongar as feições.



Já nos rostos alongados e retangulares ocorre o contrário. O volume lateral o arredonda e as franjas podem ajudar a ressaltar e favorecer as feições.



Popularidade dos cabelos compridos
Os cabelos compridos são uma aposta segura. O corte comprido e quadrado é o grande exemplo de um clássico adaptado. Tanto a princesa espanhola Letizia Ortiz como Victoria Beckham já o reinventaram com sucesso.
Definitivamente, enquanto as modelos e atrizes continuarem como pontos de referência para as tendências, os cabelos compridos estarão entre nós!!!


Curtos que pegam
O cabelo curto só tem a mesma força do comprido quando alguém famoso adota este corte. Um dos maiores exemplos disso é Victoria Beckham, que teve seu corte imitado até não poder mais, inclusive pela mulher de Tom Cruise, Kate Holmes, que foi assessorada pela Spice Girl.

Oscar 2008

Então o Oscar foi ha alguns dias e o que a gente viu no tapete vermelho é exatamente o que vamos ver, em várias outras interpretações, em formaturas e casamentos e festonas durante o ano todo. E foi um tapete vermelho mesmo!!! Muitas atrizes resolveram apostar nessa cor que acrescenta feminilidade e deixa o look mais ousado mesmo em modelagens clássicas. Apareceu também o preto, neutros e tons de pele.

Também teve muito decote com um ombro só e muito tomara-que-caia, perfeitos pra quem quer desviar atenção do quadril e chamar atenção pra um colo bonito. E os decotes sem alça apareceram dessa vez acompanhados de colares poderosos, tipo no look da Jennifer Garner.


Mas teve também muita "gafe"! Costas gordinhas de fora, vestidos "over" cheio de informação, modelagem esquisita...

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Nem sempre a atração é o principal!

Os acessórios que você usa também definem sua imagem! Eles podem ser pequenos, muitas vezes aparecem pouco, no entanto, os acessórios junto com suas roupas, ajudam a criar sua imagem. Quando bem escolhidos, reforçam a imagem que a roupa transmite e quando não levados em conta podem transmitir idéias opostas ao que você gostaria. Relógios, canetas, bolsas, pastas, óculos, sapatos e outros acessórios devem ser sempre escolhidos com cuidado pois eles revelam muito mais sobre você do que você imagina! Por isso, para escolher seus acessórios, tenha em mente a imagem que quer projetar.
E lembre-se sempre: seu acessório nunca deve chamar mais atenção que você.
Ai vão algumas dicas:
Sapatos – É imprescindível que estejam em bom estado ou irão destruir qualquer visual. É importante que combinem com o estilo da roupa. O couro é considerado o material mais elegante. Para os rapazes, quanto mais fino o solado, mais formal e elegante é o sapato e quanto mais grosso, mais casual e esportivo.
Para as mulheres, salto fino e alto é reservado para a noite, já as sapatilhas vão á todos os lugares. As rasteirinhas são super confortáveis, mas devem ser escolhidas com cuidado para que não passem um ar de "desleixadas" demais.
Para o inverno as botas de canos médios e longos aparecem muito.

Bolsas – O couro também é considerado o material mais elegante. Se forem de grife, ajudam a transmitir status – mas lembre-se que seu comportamento e atitude devem transmitir o mesmo. Um dos maiores erros das mulheres é achar que uma só bolsa pode combinar com tudo. Isto não é verdade, portanto se você quiser passar a imagem de uma pessoa bem sucedida, troque de bolsa ocasionalmente.
As bolsas em tecidos estampadas, modelo 'saco' são ótimas para o dia e dão um ar mais descontraído ao visual. As Shopbags estão com tudo, pois são versáteis e nos ajudam a cuidar do planeta, evitando o disperdício de sacolas plásticas.
Inverno promete bolsas grandes!!!

Cintos - Esse vai ser o queridinho do inverno para marcar a cintura! Pode ser de couro, com pedras, de tecido...Só tomem cuidado, pois alguns biotipos não são adequados para essa tendência.

Óculos - (de grau) Não devem esconder o rosto e sim valorizá-lo. As pessoas que usam óculos são percebidas como mais inteligentes e bem sucedidas. Cuidado com a armação e as lentes, não devem ser muito grossas.

(de sol) Esses são indispensáveis! Abuse dos modelos 'retrôs', dos modelos maiores e mais ricos em detalhes. Na hora de escolher, evite os que sobram nas laterais e os que deixam as sombramcelhas completamente à mostra.
Canetas – Pouquissímas pessoas se preocupam com as canetas que usam, mas elas falam muito sobre seus donos. Canetas tinteiro e canetas antigas transmitem uma imagem de prestígio e solidez. Canetas de design transmitem uma imagem mais moderna. Sempre devem ser de qualidade – lembre-se que é com elas que importantes documentos são assinados.

Relógio – Seu relógio, como sua caneta, diz muito sobre sua personalidade. Através dele sabemos se você é uma pessoa que pratica esportes, se é uma pessoa mais clássica ou moderna, se é um colecionador. Ao escolher seu relógio, decida o que quer que saibam sobre você.

Brincos, colares e pulseiras - Esses acessórios são determinantes em qualquer visual. Procure combiná-los com seu estilo e com a ocasião. Mulheres grandes estão liberadas para usar objetos grandes, já as mais miúdas devem optar pelos acessorios mais delicados. Colare compridos são os prediletos.